Sir Isaac Newton

Hoje de manhã abri o meu Google Chrome e na página inicial, que é a página de abertura de pesquisa do Google, tinha um galho de macieira e de repente me cai uma maçã. Lembrei-me de Sir Isaac Newton no ato e, quando cliquei no logotipo, fui direcionado à pesquisa de justamente esse nome e descobri que é aniversário de nascimento de um dos maiores cientistas da história, nascido em 1643.

No início e durante toda a pesquisa de A Incerteza estive estudando a física, ou filosofia natural, de Newton, para que pudesse entender o determinismo e a previsibilidade contidos em sua idéia de tempo e de universo. Criamos alguns jogos algorítmicos e tentamos criar sequências coreográficas baseadas em “força aplicada” que fossem o mais claras possível, para que a pudéssemos inverter os acontecimentos (coreografia), ou reverter as forças.

Para Newton, não conseguimos distinguir passado de futuro e a sensação de tempo caminhando para o futuro é uma espécie de “falha humana” (bastante platônico, não?). O mundo poderia ser redutível a trajetórias calculáveis matematicamente e seria uma soma delas, de modo que se conhecermos certo estado de algo poderemos dizer o que ocorreu antes e o que ocorrerá depois, ou seja, podemos falar sobre a trajetória de qualquer coisa por essa coisa ser a soma da trajetória de vários pontos. Cabia à ciência e a filosofia justamente tentar desvendar tais leis fundamentais reduzidas.

Foi essa idéia de redução matemática das leis do mundo que fizeram Newton tão importante. Suas três leis (inércia; a relação massa-aceleração-força; e a lei da ação e reação) sintetizam f’ísica e matematicamente grande parte do que observamos do mundo mecânico numa escala próxima à nossa.

Para isso, inventou o cálculo, e divide tal autoria com Gottfried Leibniz. A propósito, há uma briga famosa entre os dois. O que mais me cabe citar aqui é a divergência quanto à compreensão de espaço. Enquanto Newton acreditava existir algum ponto de referência de repouso absoluto no universo, ao qual nunca teríamos acesso, Leibniz recusava esse entendimento absoluto do espaço, que deveria existir sempre em relação a algo. Hoje já está mais que provado a relatividade espacial, uma vez que a constante universal proposta por Einstein é uma velocidade, ou seja, uma relação espaçotemporal indissociável.

Gostaria também de dar os parabéns ao homem que conseguiu provar a consistência da teoria gravitacional, e formulou uma Teoria da Gravitação Universal que fez com que a explicação mais coerente para o problema da atração dos corpos verticalmente para a Terra seja realmente a gravidade. Ao contrário do que muitos pensam, contudo, Newton não propôs uma explicação para a causa da existência da gravidade, que foi explorada por Einstein geometricamente cerca de duzentos anos depois.

Para finalizar volto aos experimentos de A Incerteza em 2009, em que percebemos a impossibilidade de nossos corpos serem tão exatos como Newton propunha. Não podíamos falar de um estado exatamente A, mas de um estado aproximadamente A e, portanto, qualquer previsão de um estado futuro B ou de um estado passado C só pode ser dada a partir de probabilidades. Isso é um assunto tratado pela física estatística de Ilya Prigogine, também incrivelmente importante para nosso trabalho. É um pensamento completamente diferente de Newton, mas que o inclui. Prigogine reconhece a importância de Newton para o desenvolvimento da física e sua teoria engloba os eventos newtonianos, que correspondem a eventos com previsão de 100% de chance de ocorrência. Vou parar por aqui, porque o assunto vai mudar demais.

Feliz 367 anos, Isaac Newton!

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: